DESTAQUESESPORTE

Aos 83 anos, piloto Pedro Muffato é campeão da Fórmula Truck

Cascavel (PR) – O recentemente inaugurado museu de Pedro Muffato terá um novo objeto para exibir a quem visitar o espaço: o troféu de campeão de Fórmula Truck da temporada de 2023.

A última etapa realizada no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, coroou uma temporada marcada pela regularidade, trabalho de equipe e sobretudo, a disposição do piloto de 83 anos de idade, que pelo que se tem informações ainda não confirmadas, é o mais idoso piloto do mundo a cumprir toda uma temporada no automobilismo e ainda sagrar-se campeão.

A pergunta que fica após a bandeirada final é: como são criados os campeões? Como nascem as lendas? Será que é somente a idade e os cabelos brancos? Pode ser. Mas seu Pedro Muffato e sua equipe provam, numa rara demonstração de conjunto, que o que forma os campeões é seu caráter.

Há campeões sem título, como há vencedores sem mérito. A equipe Muffatão entra para a história num domingo chuvoso na Capital do Oeste, no dia 10 de dezembro de 2023, como aqueles que escreveram o nome na história de forma honesta e continuada, no seleto grupo dos imortais.

A corrida

A prova começou com pista bastante molhada na última etapa da Fórmula Truck em Cascavel. Largando na pole position, Pedro Muffato administrou muito bem a largada e se estabeleceu na ponta. Com Taio Agostini no seu encalço, o experiente piloto manteve o ritmo. A pista molhada exigia cuidados e os pilotos estavam cautelosos.

Na quinta volta Muffato viu seu adversário direto pelo título perder rendimento. Taio Agostini acabou superado por João Santa Helena que assumiu a segunda colocação seguido de Álvaro Bendo, no terceiro posto. A bandeira quadriculada  na primeira corrida confirmou um título esperado ao longo de uma temporada regular e de muito trabalho para o time Muffatão.

A segunda corrida foi um verdadeiro “desfile” do caminhão de número 20. Mesmo com a pista bastante lisa, o que fez com que o pace truck interferisse a corrida algumas vezes, Pedro Muffato guiou sua máquina com a calma de quem sabe o que faz, apesar de um “escorregão no Bacião”, para delírio da torcida, para ser o primeiro a ver a bandeira quadriculada pela última vez nesta temporada.

Segundo o campeão, essa corrida foi “no braço”. “Foi uma corrida bem difícil porque a pista estava escorregadia. No final quis dar uma forçada e acabei saindo da pista. No final procurei ir com mais cuidado”, explicou. “Essa é uma conquista de toda a equipe que trabalhou muito o ano todo. Aqui em Cascavel foi só a coroação de tudo isso”, finalizou.

Pedro Muffato, que correu a temporada 2023 com caminhão Scania, tem apoio das marcas Muffatão, Açucareira Energy, Doce Sucar, LDP Peças, Coopavel e Disnorte.

Assessoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *