PARANÁ

Baixo estoque no fim de ano preocupa Banco de Leite em Cascavel

Cascavel (PR) – O período de fim de ano tem gerado preocupação para manter o estoque no Banco de Leite Humano do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP). A Instituição atende Cascavel e região e está aberto das 8h às 12h e das 13h às 17h de segunda à sexta e das 8h às 12h aos sábados. Neste fim de ano, o banco de leite vai ter atendimento especial neste sábado (30) e domingo (31) das 8h às 12h, retornando as atividades na terça-feira (2) de janeiro de 2024.

Diariamente são em torno de 25 a 30 bebês atendidas somente pelo HUOP, além de outros dois hospitais particulares de Cascavel que atendem bebês internados na maternidade.

Segundo dados da Rede Nacional de Banco de Leite Humano, da Fundação Oswaldo Cruz ao longo de 2023, as doações recebidas pela Instituição mantiveram uma média de 300 a 350 litros ao mês. Com registro de 399 litros coletados em abril, 407 litros maio e 409 litros em agosto, sendo os melhores registros do ano. Já para dezembro, o registro de doações pode chegar de 150 a 200 litros, tendo uma queda de 30% a 40% nas coletas registradas pelo Banco de Leite Humano do HUOP.

Segundo a enfermeira Anelise Vieczoreck, responsável pela Instituição, é comum o estoque de leite cair nesse período da época do ano por conta das festas e que muitas mães lactantes acabam viajando para outras cidades e estados.

“Essa queda é comum nesse período do ano devido as viagens das doadoras e com isso uma queda de 30 a 40% é registrada, por isso a importância da divulgação da doação do leite humano e de falar sobre o assunto na mídia local. Com isso conseguimos aumentar o número de doações e ter uma margem de estoque para os bebês internados no HUOP”, ressaltou Anelise.

QUEM PODE DOAR?

Mães que fazem o uso de medicamentos contínuos, não sejam fumantes, que estejam saudáveis, tenham boa produção de leite materno e que estão com os exames clínicos e de pré-natal em dia, podem realizar a doação de leite em casa mesmo, podendo armazenar o leite em potes de vidros esterilizados e com tampas plásticas disponibilizados pelo Banco de Leite e retirados uma vez por semana na casa da doadora.

ATENDIMENTO NA REGIÃO

O Banco de Leite atende outros municípios, além de Cascavel. Os transportes municipais vêm para a cidade todos os dias, então é orientado às mães a tirarem o leite em casa, levar até a Unidade Básica de Saúde (UBS) e o leite é mandado pelo transporte com todas as condições necessárias. “Esse leite sempre vem com todo o cuidado, todo o rigor, ar-condicionado, em uma caixa térmica com gelo”, informa Anelise.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *