SEGURANÇA

Conselheiras tutelares acompanham adolescente vítima de assédio virtual e ameaça de rapto em Candói

Imagem ilustrativa

Candói (PR) – Nesta sexta-feira (16), conselheiras tutelares da cidade de Candói (PR), compareceram ao destacamento da Polícia Militar acompanhando uma adolescente de 14 anos e sua mãe, de 38 anos, para relatar um caso grave de assédio virtual e ameaça de rapto.

Segundo o relato das conselheiras e da mãe da adolescente, desde o dia 10 de setembro, um indivíduo com um perfil falso em uma rede social vem enviando mensagens de teor sexual e solicitando fotos da jovem. Além disso, o agressor ameaçou raptar a adolescente na saída da escola.

Diante dessa situação alarmante, as autoridades locais imediatamente iniciaram um patrulhamento com o objetivo de localizar o agressor. No entanto, até o momento, não obtiveram êxito na identificação ou captura do suspeito. A adolescente também relatou ter sido abordada por um homem próximo ao colégio na data anterior, aumentando ainda mais o temor de que possa se tratar do mesmo indivíduo.

A Polícia Judiciária foi imediatamente informada sobre o caso, e as investigações estão em andamento para identificar o autor das ameaças e do assédio virtual. A segurança da adolescente e a tranquilidade da família são as principais preocupações das autoridades, que estão tomando medidas rigorosas para garantir a proteção da vítima.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *