JUSTIÇA

Daniel Alves deixa cadeia na Espanha após 14 meses

A soltura aconteceu cinco dias após a Justiça espanhola aceitar o pedido de liberdade provisória feito pela defesa do jogador

Reprodução / Instagram @danialves

Daniel Alves deixou a cadeia em Barcelona, na Espanha, nesta segunda-feira (25) depois de pagar fiança de 1 milhão de euros (R$ 5,4 milhões). O brasileiro foi solto e aguardará em liberdade provisória enquanto recursos da sentença são analisados.

A soltura aconteceu cinco dias após a Justiça espanhola aceitar o pedido de liberdade provisória feito pela defesa do jogador.

Alves foi condenado a quatro anos e meio de prisão por estupro. O lateral passou 14 meses preso preventivamente e foi liberado por volta das 12h25 (horário de Brasília) desta segunda. O ex-jogador saiu acompanhado de sua advogada, Inés Guardiola. Bruno Brasil, amigo que acompanhava o brasileiro na noite do estupro, também esteve presente.

No momento da saída de Daniel Alves, funcionários de prisões da Catalunha faziam protestos na porta da cadeia, mas as manifestações não estão relacionadas com o caso do brasileiro. Há duas semanas, o sistema carcerário da região vive uma crise após o assassinato da cozinheira Nuria López, morta por um detento na prisão de Mas d’Enric, em Tarragona.

Para evitar uma possível fuga, a justiça determinou que todos os passaportes do jogador sejam entregues. Além disso, ele terá de cumprir um afastamento de 1km da vítima e não poderá tentar nenhum tipo de contato com ela. O brasileiro ainda terá de se apresentar ao tribunal semanalmente.
De acordo com o jornal catalão “La Vanguardia”, a defesa de Daniel Alves buscou um empréstimo bancário para tirá-lo da cadeia. Um banco não revelado teria se comprometido com a equipe, enquanto outros se negaram por questão de reputação.

(Informações TV Cultura)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *