CANTAGALO

Especial 41 anos: os pioneiros da educação

Professora Honorina e seus alunos (Foto: MIC)

Arnaldo Jorge de Souza, Matilde Pontarolo, Irene Sabatovitch de Matos, Isolina Penteado Sabatovich, Irene Okonoski e Honorina Lima de Souza são professores pioneiros de Cantagalo que no dia da criação da então Casa Escola Olavo Bilac, oficializada no dia 12 de janeiro de 1967 já estavam em sala de aula.

O decreto, assinado pelo governador Paulo Pimentel, foi publicado no dia seguinte. Além dos professores, fazia parte do time da educação a zeladora Olira Odiva Ribeiro.

A reivindicação, no entanto, já era feita desde 1965 quando um ofício foi encaminhado ao governo do Paraná para a criação da instituição de ensino. Na época, havia no distrito uma pequena escola, com apenas duas salas medindo 6×8, além de um pequeno cubículo que media 4×3.

Antigo Colégio Olavo Bilac (Foto: MIC)

Nesses locais estudavam 135 alunos, mas a demanda aumentava a cada dia. A transformação da Escola de Canta Galo em Casa Escolar Olavo Bilac foi uma luta encampada, na época, pelos deputados João de Mattos Leão e Moacir Julio Silvestri.

 

Casa Escolar

A Casa Escolar Olavo Bilac recebeu esse nome em homenagem a Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac. Em 1965, quando a escola foi criada, o

Brasil comemorava o centenário de nascimento do poeta.

Leia também

*** Fazenda Cantagalo
*** Pioneiros da educação
*** O primeiro prefeito

*** A primeira prefeitura

*** A instalação da Comarca de Cantagalo

*** O baluarte da emancipação

*** Os primeiros legisladores

*** A primeira eleição municipal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *