EDUCAÇÃO

Estudantes da rede estadual agora podem pedir transferência de colégio de forma online

É possível selecionar até três escolas.

Foto: Arquivo SEED-PR

Estudantes da rede estadual que desejam ser transferidos para outro colégio podem fazer a solicitação de maneira totalmente online, por meio da Área do Aluno. Até então, os pedidos precisavam ser feitos presencialmente no colégio de destino. A atualização no sistema, assim como o desenvolvimento do portal, foi realizada pela Celepar.

Para pedir transferência, é necessário que o responsável ou estudante acesse a Área do Aluno, clique em “Solicitar Transferência”, selecione a instituição de ensino de preferência (além da série e do turno) e aguarde a confirmação de disponibilidade de vaga, acompanhando o trâmite do processo pelo portal. Até o momento, cerca de 40 alunos já solicitaram transferência dessa maneira.

É possível selecionar até três escolas (apenas com fila de espera zerada e que não têm processo de seleção), sem possibilidade de escolher ordem de preferência entre elas. Não é necessário anexar nenhum documento, uma vez que a pasta virtual do aluno passa para a nova escola automaticamente, quando a transferência é efetuada. Anteriormente, a escola de origem precisava encaminhar o histórico escolar por e-mail ou disponibilizar uma cópia física para que o responsável ou aluno retirasse presencialmente.

“Essa nova funcionalidade traz mais agilidade, segurança e transparência em todo o processo de transferência”, diz Fernanda Evangelista, chefe do Departamento de Governança de Dados Educacionais da Secretaria de Estado da Educação. “Essa ação traz comodidade aos responsáveis, acelera as etapas do processo, diminui custos com transporte e materiais, além de ajudar a preservar o meio ambiente com a redução do uso de papel, tinta e carimbos”.

Joelma Trindade de Lima é mãe do aluno João Vitor, que já pediu transferência online. Ele fez a solicitação na última sexta-feira (15) e já começou a estudar na nova escola – o Colégio Estadual do Paraná, em Curitiba – nesta terça-feira (19). “O processo foi muito dinâmico e funcional”, conta Joelma. “O João já mudou de escola duas vezes antes. A gente tinha todo aquele processo de ir de escola em escola, pegar a declaração de vaga, levar a documentação. Agora foi superprático e rápido. Já foi resolvido”.

MATRÍCULAS

Além das transferências, as matrículas também já são feitas de maneira totalmente online pela Área do Aluno. Neste ano letivo, houve um total de 908 mil matrículas na rede estadual de ensino.

(AEN)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *