JUSTIÇA

Mãe e padrasto, acusados da morte de menina de 11 anos, vão a júri

Timbó (SC) – A Vara Criminal da comarca de Timbó, no Vale do Itajaí, realiza nesta quinta-feira (16/11), a partir das 9h, o julgamento da mãe e do padrasto acusados de matar uma criança de 11 anos em abril de 2022. O caso teve ampla repercussão social e chocou toda a comunidade da região. A sessão do Tribunal do Júri ocorre no novo prédio da comarca.

De acordo com a denúncia do MPSC, no dia 13 de abril do ano passado, no interior da residência do casal, os denunciados espancaram a menina de 11 anos de idade até a morte, causada  por politraumatismo. Após o homicídio, cometido por motivos fútil e torpe, os denunciados apagaram a memória de seus celulares e iniciaram a limpeza e reorganização da cena do crime para impedir o descobrimento da verdade.

Ainda segundo a denúncia, antes do homicídio da menina, por diversas e continuadas vezes, o casal submeteu a vítima a intensas violências físicas e psicológicas, sob o indevido pretexto de aplicar castigo pessoal e medida de caráter preventivo para que a menina se comportasse conforme seus desejos. Receosos de que os ferimentos e a violência fossem revelados, eles ainda mantinham a menor privada de liberdade.

Os réus serão submetidos a julgamento pelo Tribunal do Júri pelos crimes de homicídio qualificado por motivo torpe, motivo fútil, meio cruel, uso de recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio, tortura, cárcere privado, estupro de vulnerável e fraude processual. Além do interrogatório dos réus, cinco testemunhas foram arroladas e serão ouvidas. O casal está preso preventivamente desde o dia 15 de abril de 2022.

Assessoria TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *