DESTAQUESJUSTIÇA

Moro presta depoimento ao TRE-PR em ação que pode cassar mandato

Foto: Hugo Barreto/Metrópoles

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) agendou para esta quinta-feira, 7 de dezembro, o depoimento do senador Sergio Moro (União Brasil-PR), em meio a ações que podem resultar na cassação de seu mandato. O senador possui a prerrogativa de escolher entre prestar o depoimento presencialmente ou por videoconferência, marcado para as 13h.

Essa convocação faz parte da análise de Ações de Investigação Judicial Eleitoral (Aijes), impetradas pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e pelo Partido Liberal (PL). As acusações são de abuso de poder econômico, arrecadação e gastos ilícitos em campanha eleitoral, e mau uso dos meios de comunicação.

As legendas pedem a cassação de Moro, além de sua inelegibilidade por oito anos, alegando irregularidades nas contas da campanha do ex-juiz. Uma das principais questões levantadas é o suposto benefício que Moro teria recebido do Podemos, partido pelo qual concorreu à Presidência, em sua campanha ao Senado pelo União Brasil.

Ademais, foram identificadas inconsistências na prestação de contas do senador, incluindo o não cumprimento de prazos para a entrega de relatórios financeiros. Em junho, o Ministério Público Eleitoral manifestou-se favorável à continuidade da ação. Os processos estão em tramitação no TRE-PR e podem ser encaminhados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para análise futura.

A Procuradoria rejeitou os pedidos da defesa de Moro para encerrar a ação e concordou com a convocação de testemunhas relacionadas ao caso. Sergio Moro, por sua vez, nega todas as acusações, mantendo-se firme em sua defesa. Este caso é um exemplo notável das complexidades e desafios enfrentados no âmbito da justiça eleitoral brasileira, ressaltando a importância da transparência e da legalidade nos processos eleitorais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *