CANTAGALO

Mulher denuncia agressões em Cantagalo: Casal tentava reconciliação após histórico de violência

Cantagalo (PR) – Na madrugada desta quinta-feira (12), a Polícia Militar de Cantagalo (PR) atendeu a um chamado de emergência feito por uma mulher de 37 anos, na região central da cidade. A vítima relatou ter sido vítima de agressões físicas e verbais por um homem de 35 anos, com quem mantinha um relacionamento tumultuado.

Segundo o depoimento da mulher, o casal decidiu sair para comprar uma cerveja sem álcool em um posto de gasolina. No entanto, durante o trajeto, uma discussão entre os dois teria rapidamente escalado para agressões físicas. O homem teria começado a ofender a mulher verbalmente e, posteriormente, a agredi-la fisicamente, agarrando-a pelo pescoço, desferindo tapas em seu rosto e puxando-a pelos cabelos. Resultando das agressões, a vítima apresentava marcas visíveis em seu pescoço, boca e mãos.

A situação tornou-se ainda mais tensa quando a vítima tentou deixar o veículo e o agressor se recusou a entregar a chave da residência, desencadeando uma luta pela posse da chave. Diante da crescente violência, a mulher decidiu chamar a Polícia Militar e, posteriormente, pegou um táxi de volta para sua casa.

Ao chegar em sua residência, ela encontrou a porta aberta e a chave deixada sobre o balcão. O agressor, no entanto, teria se apropriado de uma quantia em dinheiro pertencente à vítima antes de evadir-se do local.

A vítima relatou às autoridades que ela e o agressor haviam tido um relacionamento conturbado que durou aproximadamente um ano e que terminou devido a episódios de agressões físicas e verbais. Nos últimos dois meses, o casal estava tentando reatar o relacionamento, o que culminou nas agressões ocorridas naquela noite.

A Polícia Militar realizou buscas na região para tentar localizar o agressor, mas até o momento, ele permanece fora do alcance das autoridades.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *