SEGURANÇA

Mulher é acusada de soltar cachorro para atacar ex do marido em Guarapuava

Foto ilustrativa

Guarapuava (PR) – A Polícia Militar foi acionada para atender a uma ocorrência de lesão corporal, que envolveu um caso grave de violência doméstica, nesta quinta-feira (26), em Guarapuava (PR). A vítima, uma mulher de 31 anos, deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Primavera com várias lesões, após ter sido encaminhada ao local pelo seu ex-marido.

No UPA, a vítima estava em estado de confusão mental devido ao ocorrido, mas conseguiu relatar o que aconteceu. Segundo seu depoimento, ela havia ido até a residência de seu ex-marido, um homem de 37 anos, no bairro Industrial, com o objetivo de buscar suas filhas. No entanto, ao chegar lá, foi recebida pela atual convivente de seu ex-marido, uma mulher de 28 anos.

A situação tomou um rumo assustador quando, em determinado momento, a atual convivente teria liberado um cachorro da raça “Rottweiler” com a intenção de atacar a vítima. Além disso, a vítima relatou ter sido atacada com golpes de faca, que resultaram em lesões superficiais por todo o corpo e uma perfuração profunda na perna direita.

Diante dessas informações, as autoridades se deslocaram até o endereço fornecido e abordaram o casal. Eles alegaram que a vítima havia entrado na residência sem autorização e, ao tentarem retirá-la do local, o cachorro atacou. Contudo, a versão dos agressores conflitava com o relato da vítima e com as evidências médicas, que detalhavam os ferimentos sofridos pela mulher.

Diante da gravidade do caso, o casal foi preso em flagrante pelo crime de lesão corporal de natureza grave. As informações e a ficha médica da vítima foram fornecidas às autoridades judiciárias para a continuação das investigações.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *