PARANÁ HISTÓRICO

O desafio do recenseamento em Londrina na década de 1940

No início da década de 1940, um marco significativo na história da colonização do Norte do Paraná foi registrado sob a coordenação de Aristides de Souza Mello, então diretor técnico da Companhia de Terras Norte do Paraná (CTNP). Encarregado de realizar um recenseamento geral, Aristides enfrentou a árdua tarefa de compilar dados detalhados sobre os colonos que compravam terras na região. Este esforço não apenas envolvia a listagem de compradores, mas também a coleta de informações sobre a área cultivada, população, tipo de lavoura e vias de acesso.

A exigência do Ministério da Agricultura de que pelo menos 20% dos colonos fossem brasileiros foi superada com êxito pela Companhia, que apresentou uma impressionante porcentagem de 30% de compradores nacionais. Essa estatística demonstrava o esforço consciente de integrar e promover a agricultura nacional dentro do projeto de colonização.

A diversidade étnica dos colonos era notável. Seguindo os brasileiros, estavam lavradores italianos, portugueses, espanhóis, alemães, japoneses, ucranianos, russos e muitos outros, perfazendo um total de 33 nacionalidades diferentes. Essas comunidades contribuíram significativamente para o desenvolvimento agrícola e cultural da região, cada uma trazendo suas próprias técnicas agrícolas, tradições e culturas.

Os dados precisos obtidos por meio do recenseamento permitiram à CTNP uma melhor compreensão da dinâmica populacional e econômica da região. As informações estatísticas colhidas facilitaram o planejamento de políticas agrícolas e de desenvolvimento que moldaram o futuro do Norte do Paraná.

Aristides de Souza Mello, com sua visão e capacidade de liderança, desempenhou um papel fundamental na consolidação de uma base de dados que se tornaria essencial para o progresso contínuo da região.

Fontes: Colonização e Desenvolvimento do Norte do Paraná. 50 anos da Companhia de Terras Norte do Paraná. 1975.O Pioneirismo do Recenseamento Rural no Norte do Paraná. / Acervo Londrina Histórica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *