SEGURANÇA

Polícia prende homem suspeito de estar com moto clonada em Guarapuava

Guarapuava (PR) – Nesta quinta-feira (18),  a Equipe RPA (Rádio Patrulhamento de Área) em Guarapuava  recebeu informações cruciais que levaram à prisão de um homem de 19 anos sob suspeita de clonagem de uma motocicleta. Os policiais foram alertados sobre a posse de uma motocicleta Honda CB 250 F Twister vermelha, que supostamente era produto de clonagem.

Em patrulhamento pela via, a equipe avistou a motocicleta em questão estacionada no pátio de uma residência no Bairro Alto Cascavel. Tratava-se de uma Honda CB 250 F Twister vermelha, com placa no novo modelo Mercosul. No entanto, a placa gerou suspeitas, uma vez que não continha a conversão do número para uma letra no quinto alfanumérico, como exigido pelo novo padrão.

Após abordar o indivíduo e informá-lo sobre as suspeitas levantadas, ele relatou que adquiriu a motocicleta por meio do Facebook Marketplace e que a negociação ocorreu por meio dos aplicativos Messenger e WhatsApp. Segundo suas declarações, após chegarem a um acordo, ele se deslocou até o Município de Prudentópolis para buscar a motocicleta.

Diante dessas informações e dos indícios de adulteração, a equipe realizou uma vistoria veicular minuciosa na motocicleta. Durante a inspeção, constatou-se que a placa apresentava irregularidades, como a falta da letra entre os numerais, além de um adesivo de QR code que impossibilitava a verificação da autenticidade da placa por meio de aplicativos.

Adicionalmente, ao verificar a numeração do chassi, os policiais identificaram sinais de adulteração, como lixamento, repintura e remarcação dos números, que estavam em desconformidade e desalinhados. A numeração do motor também apresentava sinais de adulteração, com lixamento e remarcação da numeração. Além disso, a motocicleta não possuía a etiqueta de identificação com código de barras e numeração do chassi, que normalmente é encontrada no quadro da motocicleta.

Diante dos inúmeros indícios de adulteração e clonagem da motocicleta, a equipe policial deu voz de prisão ao suspeito e o encaminhou à Polícia Judiciária para a continuidade das investigações. As autoridades agora estão conduzindo uma análise mais aprofundada do caso, a fim de determinar todas as possíveis irregularidades cometidas pelo indivíduo e identificar outras pessoas envolvidas nesse esquema de clonagem de veículos.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *