DESTAQUESPARANÁ

Projeto Asas do Futuro leva alunos do Pelotão Esperança para conhecerem o aeroporto

A visita contou com a participação de 35 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social

Guarapuava (PR) – Na manhã desta segunda-feira (4), os participantes do projeto Pelotão Esperança embarcaram em uma experiência única ao visitar o Aeroporto Regional de Guarapuava – Tancredo Thomas de Faria (GPB).

A visita faz parte do Projeto Asas do Futuro, uma iniciativa da prefeitura de Guarapuava, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SMD), com o apoio da UniGuairacá Centro Universitário.

A secretária de Desenvolvimento Econômico de Guarapuava, Janaína Naumann, expressou sua satisfação ao receber as crianças no aeroporto.

“Com esse projeto, buscamos não apenas apresentar o funcionamento interno, mas também inspirá-las para que, no futuro, considerem a área da aviação como uma possibilidade de carreira. O Aeroporto de Guarapuava desempenha um papel crucial para o desenvolvimento regional, e apresentar essa importância para as crianças desde novas é essencial”, destacou.

Durante a visita, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer o funcionamento interno do aeroporto, interagir com profissionais responsáveis pela operação e atendimento, além de explorar as diversas áreas de atuação. Um destaque especial foi a oportunidade de entrar e conhecer um avião por dentro, proporcionando o primeiro contato com uma aeronave para muitos estudantes.

“Eu nunca tinha entrado em um aeroporto, eu gostei bastante, agora eu quero ser um piloto, porque achei uma profissão bem legal”, contou Adenilson Matheus Silverio da Luz, de 13 anos.

A visita contou com a participação de 35 crianças e adolescentes participantes do Pelotão Esperança, que oferece atividades esportivas e projetos de qualificação profissional para jovens em situação de vulnerabilidade social, em parceria com instituições e com a prefeitura.

“Iniciativas como essa proporcionam aos alunos uma nova perspectiva de mundo, expandem os horizontes e apresentam novas possibilidades para o futuro, como a área da aviação e suas diversas oportunidades”, ressaltou o Tenente-Coronel do 26º Grupo de Artilharia de Campanha – Grupo Visconde de Guarapuava (26ºGAC), Luiz Renato Laraia Pinheiro.

Secom/Guarapuava

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *