Uncategorized

Exército israelense planeja ataque por terra e pede para civis deixar Gaza

Tel Aviv – O exército israelense anunciou nesta sexta-feira a sua intenção de realizar uma operação de grande envergadura em Gaza nos próximos dias e apelou veementemente para que a população do norte do território evacue a área a fim de permitir operações contra o grupo Hamas. Mais de um milhão de pessoas residem na região.

O porta-voz do exército de Israel, Jonathan Conricus, enfatizou a importância de evitar danos aos civis que não estão envolvidos no conflito. Ele declarou: “Por entendermos que há aqui civis que não são nossos inimigos e que não os queremos atingir, pedimos que saiam da região.”

A situação no Oriente Médio tem se agravado nos últimos dias, com Israel concentrando suas forças na fronteira com a Faixa de Gaza, sugerindo a possibilidade de uma ofensiva terrestre iminente. Isso ocorre após uma série de bombardeios em territórios controlados pelo grupo islâmico Hamas.

A escalada do conflito teve início quando o Hamas realizou uma incursão sem precedentes em território israelense no sábado, 7 de outubro, resultando na morte de civis e militares israelenses, além do sequestro de mais de uma centena de reféns, que foram levados para a Faixa de Gaza.

Desde então, o conflito tem causado um pesado custo humano, com mais de 1.300 mortes registradas do lado israelense e cerca de 1.400 do lado palestino. A comunidade internacional tem instado ao diálogo e à contenção, mas a escalada das hostilidades levanta preocupações crescentes sobre a situação na região. A situação continua a evoluir, e a busca por uma solução pacífica permanece desafiadora em meio a esse cenário complexo e volátil.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *