DESTAQUESSEGURANÇA

PF investiga brasileiro que diz ser da Al-Qaeda e ameaçou ministro do STF

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na manhã desta quinta-feira (17), a Polícia Federal (PF) conduziu uma operação de busca e apreensão em Mossoró (RN), com o objetivo de apurar crimes de ameaça e promoção ao terrorismo. O mandado judicial foi expedido pela 8ª Vara de Justiça Federal do Rio Grande do Norte, e o alvo da operação é um indivíduo que afirmava ser integrante da organização terrorista Al-Qaeda.

O suspeito, que utilizava redes sociais para disseminar suas declarações perturbadoras, foi identificado por proferir xingamentos e ameaças de morte contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Além disso, em suas publicações, o indivíduo expressou a intenção de realizar um ato terrorista de grande proporção, envolvendo a detonação de uma bomba em nome do grupo criminoso ao qual afirmava pertencer.

As investigações desse caso estão sendo conduzidas em sigilo, com o intuito de garantir a integridade da apuração e proteger os procedimentos em curso. A atuação da Polícia Federal, em parceria com a Justiça Federal do Rio Grande do Norte, evidencia a seriedade com que ameaças desse tipo são tratadas, demonstrando o compromisso das autoridades em garantir a segurança e a ordem pública.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *