SANTA CATARINASEGURANÇA

Polícia Civil conclui investigação por zoofilia contra égua em Anitápolis (SC)

Anitápolis (SC) – A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Proteção Animal do Departamento de Investigação Criminal da Capital (DPA/DIC), concluiu investigação de zoofilia, uma das modalidades do crime de maus-tratos, contra uma égua, em Anitápolis.

O tutor do animal tomou conhecimento de que um homem havia invadido sua propriedade e, ao conferir as câmeras de segurança, verificou que ele praticou ato sexual com sua égua, que se encontrava no estábulo.

Registrada a ocorrência, foi instaurado o procedimento policial cabível na Divisão de Proteção Animal e, com apoio da Delegacia de Polícia do Município de Anitápolis, mediante diligências investigatórias e colheita de provas, confirmou-se a autoria delitiva.

O animal encontra-se resguardado e é importante esclarecer à população que, de acordo com a legislação processual penal, a pena máxima do crime de maus-tratos envolvendo equinos não permite a prisão preventiva do acusado, o que não significa que ele não será responsabilizado.

Finalizada a investigação na Divisão de Proteção Animal – DPA, o procedimento policial foi remetido ao Poder Judiciário.

Assessoria/Polícia Civil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *