CANTAGALO

Violência doméstica: Homem é preso em Cantagalo após agredir esposa e ameaçar criança 

Cantagalo (PR) – Na tarde deste sábado (1º), a Polícia Militar foi acionada por meio do telefone de emergência 190 para atender a uma ocorrência de violência doméstica no centro de Cantagalo (PR). Segundo informações recebidas, um homem de 40 anos estava agredindo sua esposa do lado de fora da residência.

No momento em que a equipe policial se preparava para se deslocar até o local, dois homens de 27 e 28 anos compareceram ao Pelotão da PM, relatando que estavam passando pelo endereço mencionado quando presenciaram uma cena de extrema violência. Segundo os relatos dos testemunhos, um homem estava agredindo uma mulher de forma intensa, havendo inclusive uma criança de aproximadamente 8 anos que foi vítima dessas agressões e saiu correndo pela rua, chorando. O agressor também empurrou a mulher da área externa da casa, que possui cerca de 2 metros de altura.

Ao chegarem ao local, os policiais encontraram a vítima, uma mulher de 29 anos, implorando por socorro, enquanto o agressor proferia ameaças em voz alta, afirmando que a situação iria piorar para ela. A mulher estava visivelmente apavorada, chorando e pedindo ajuda incessantemente. A equipe constatou que a residência estava completamente revirada, com objetos jogados pelo chão e utensílios quebrados.

Imediatamente, os policiais acolheram a mulher e iniciaram uma conversa com ela, a fim de entender o que havia ocorrido. Ela relatou que estava trabalhando até as 15h e havia levado consigo seus dois filhos menores, de 2 e 8 anos, para o local de trabalho. O agressor, que é seu ex-marido, apareceu no local para buscar o filho de 2 anos, que é filho de ambos, alegando que levaria a criança para um torneio de futebol em que estava participando. Ao questioná-lo sobre seu estado de embriaguez e lembrá-lo de que era o dia em que ele deveria ficar com o filho, o agressor segurou-a pelos cabelos, puxando-a pela região da nuca e proferindo palavras de baixo calão.

A vítima realatou aindaque, ao pararem em frente à sua residência, o agressor a arrastou para fora do carro, puxando-a pelos cabelos, e a levou agredindo-a até a casa. Lá dentro, ele começou a jogar objetos para fora, afirmando que ela dependia dele e ameaçando quebrar tudo e incendiar a residência. Nesse momento, a criança de 8 anos começou a chorar, o que fez com que o agressor avançasse em direção a ela. A criança, assustada, conseguiu escapar e correu. O agressor, novamente segurando a vítima pelos cabelos, derrubou a vítima de uma altura de aproximadammente dois metros.

O homem, que resistiu a prisão, foi preso e conduzido à Polícia Judiciária para as medidas cabíveis.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *