SEGURANÇA

Feminicídio: Suspeito de matar mulher no Parque Tarquínio é preso

Homem foi preso na cidade de São Miguel do Iguaçu após investigação da Delegacia de Homicídios de Cascavel

Cascavel (PR) – Após uma investigação imediata e intensa, a Delegacia de Homicídios de Cascavel buscou esclarecer o brutal crime que vitimou Bruna Lemes Rosa, de 27 anos, no dia 11 de dezembro, dentro do Parque Tarquínio, em Cascavel.

A vítima, em situação de rua, foi violentamente agredida na face com uma barra de ferro e morreu dentro da ambulância do Siate.

Diversas medidas técnicas e operacionais foram tomadas, incluindo oitivas de suspeitos, culminando na identificação do suposto autor, um homem de 38 anos que também vivia em situação de rua.

Segundo as investigações, ele mantinha um interesse emocional por Bruna, que recusava um relacionamento com ele. Uma discussão ocasional dentro do parque resultou na morte de Bruna por golpes de um objeto contundente que mutilaram seu rosto.

Após o crime, o suspeito mudou-se de Cascavel para outras cidades, como Santa Tereza do Oeste e Céu Azul, sendo finalmente detido em São Miguel do Iguaçu no dia 24 de dezembro, após envolver-se em um incidente de dano. Na abordagem, foi constatado um mandado de prisão preventiva representado pela Delegacia de Homicídios e expedido pelo Fórum da Comarca de Cascavel.

Pela localidade em que o suspeito foi detido, São Miguel do Iguaçu, e considerando as ações prévias da Delegacia de Homicídios para capturá-lo, há indícios de que ele possivelmente tentava chegar a Foz do Iguaçu, sua cidade natal.

Durante as investigações, o apoio fundamental da Guarda Municipal de Cascavel foi crucial para esclarecer o crime. As ações prévias de abordagem e identificação de moradores de rua realizadas por essa instituição antes do crime, agilizaram as ações da Delegacia de Homicídios.

O suspeito encontra-se atualmente preso no Depen em Medianeira, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *