PARANÁ

Núcleo de Superendividamento de Guarapuava é referência no atendimento e orientação sobre educação financeira aos consumidores

Modelo tem se tornado referência no Brasil. Procuradora Geral e Diretor do Procon de Mandaguari visitaram o município

Guarapuava (PR) – Nesta quarta-feira (18), o Núcleo de Superendividamento de Guarapuava recebeu a visita da procuradora geral do município de Mandaguari, Eliete Souza da Silva Ferreira, e do diretor do Procon de Mandaguari, Thiago Alvaro da Silva. Ambos com o objetivo de conhecer os trabalhos realizados pelo Programa de Organização de Dívidas e Educação Financeira (PODE) do Procon Guarapuava e discutir a possibilidade de instaurar um programa semelhante em Mandaguari.

O Núcleo de Superendividamento de Guarapuava é responsável em auxiliar consumidores em situações de superendividamento, proporcionando atendimentos, audiências e orientação em educação financeira. Recentemente, o núcleo iniciou a realização de audiências coletivas entre consumidores e credores, uma estratégia inovadora que visa promover negociações conjuntas de dívidas.

No último mês, o núcleo realizou em média cinco audiências coletivas, em uma delas envolvendo 10 credores. Durante essas audiências, foram celebrados cinco grandes acordos, beneficiando diversos consumidores que estavam enfrentando o superendividamento. Além disso, várias outras dívidas estão atualmente em fase de tratativa.

“O trabalho do Núcleo de Superendividamento vem sendo referência no Estado do Paraná. A exemplo da visita que recebemos hoje, o Procon de Guarapuava já foi visitado anteriormente por cidades como Ponta grossa, Cascavel, Pato Branco, São José dos Pinhais e diversas outras cidades e estados brasileiros”, ressaltou a superintendente do Procon de Guarapuava, Luana Esteche.

Eliete Souza da Silva Ferreira e Thiago Alvaro da Silva reconheceram a importância de oferecer apoio a consumidores endividados em sua cidade e estão determinados a levar a experiência de Guarapuava para Mandaguari.

Secom/Guarapuava

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *