DESTAQUESPARANÁ

MST bloqueia PR-170 em Guarapuava e pede melhoria em assentamentos

Crédito: Polícia Rodováira Estadual

Guarapuava (PR) – Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realizaram um bloqueio temporário na PR-170, na cidade de Guarapuava, região central do Paraná, na manhã desta quinta-feira (19). O protesto, que teve início na tarde de quarta-feira, foi interrompido temporariamente e retomado nas primeiras horas do dia.

O bloqueio, que durou aproximadamente três horas, ocorreu na altura do KM 390 da rodovia, causando consideráveis congestionamentos nas duas direções. Durante a manifestação, apenas veículos de saúde foram autorizados a passar, afetando o tráfego de rotina na região.

O ponto mais tenso da ação aconteceu quando dois policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar tentaram negociar com os manifestantes a liberação da rodovia. Em um momento crítico, os policiais foram arrastados pelo pescoço e retirados da pista pelos manifestantes (veja vídeo clicando aqui). Felizmente, ambos foram liberados logo em seguida. A Polícia Militar informou ao Portal Cantagalo que os policiais passam bem e negou que eles tivessem sido feito reféns pelo MST, como suger o vídeo.

Após o incidente, os integrantes do MST concordaram em liberar a rodovia. No entanto, eles permanecem nas proximidades, reunidos em um barracão, mantendo o risco de uma possível retomada do bloqueio.

O bloqueio da PR-170 resultou em cerca de 6 km de congestionamento no sentido Pinhão e 3 km de congestionamento no sentido Guarapuava durante a manhã. As autoridades locais estão monitorando de perto a situação e mantêm diálogo com os manifestantes na tentativa de evitar novos bloqueios e garantir a segurança na região.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *